Pirarucu da Amazônia

Mostra Gastronômica apresenta originalidade de pratos com o Pirarucu da Amazônia

O Projeto Pirarucu da Amazônia pretende apresentar aos comerciantes e à sociedade a potencialidade do peixe e dar visibilidade ao produto.

O Sebrae  realiza, de 08 a 09 de setembro, no Studio 5, em Manaus, a II  Mostra Gastronômica Regional  do Pirarucu. O objetivo é apresentar o prato ‘Pirarucu à Arena da Amazônia’, vencedor da etapa estadual que representará o Amazonas na etapa nacional, e evidenciar as potencialidades econômicas e gastronômicas do Pirarucu da Amazônia.

A seleção do profissional que representará o Amazonas na etapa regional ocorreu no último dia (07), na Casa do Turismo. O prato Pirarucu à Arena da Amazônia, do restaurante Tambaqui de Banda foi o selecionado. Diversos restaurantes da região participaram da seleção, com critérios de avaliação que versaram sobre a harmonia gustativa, regionalidade e criatividade. No entanto, os chefes locais criaram pratos com ingredientes regionais, e mistura de técnicas indígenas com processos das cozinhas mediterrânea, italiana e portuguesa.

Segundo o coordenador regional do Projeto Pirarucu da Amazônia, Célio Picanço, a Mostra Gastronômica faz parte do Projeto Pirarucu da Amazônia, que pretende apresentar aos comerciantes e à sociedade a potencialidade do peixe e dar visibilidade ao produto. Ele explana que o Projeto busca ultrapassar o estágio da potencialidade e desenvolver tecnologia adequada aos criadores de Pirarucu da região norte. “O objetivo é viabilizar pesquisas aplicadas para gerar conhecimento e tecnologias sobre a produção do pirarucu em cativeiro, em diferentes sistemas de criação”, destaca.

Pirarucu na Amazônia

O Sebrae no Amazonas orienta por meio do Projeto Estruturante do Pirarucu da Amazônia, um grupo de 22 criadores de pirarucu, da piscicultura Cooperpeixe , localizada na zona rural de Manacapuru, quanto às melhores praticas de manejo. O Pirarucu é um peixe de elevado valor econômico, que tem sido explorado, atualmente considerado, em algumas regiões, uma espécie quase extinta, e sobre-explorada, em outras. O peixe conhecido como “bacalhau da Amazônia”, tem potencial zootécnico e mercado promissor para ganhar destaque no cultivo de peixes do Brasil.

Festival

O Festival Gastronômico Regional é uma ação prevista no projeto e acontece nos dias 10 e 11 de setembro, em Manaus (AM). Na ocasião, cada Unidade do Sebrae no Norte, indica um chef de cozinha, que apresenta dois pratos com receitas inovadoras, para degustação dos participantes. No Amazonas, o Sebrae conta com a parceria da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Ministério da Pesca e Aquicultura para realização da Mostra.